Madureira


No início do século XIX, o Rio, recém alçado à condição de sede do Reino, era fracamente povoado em seu interior, o chamado “sertão carioca”. Esta região era composta por grandes propriedades rurais. Uma delas era a do Campinho, situada na Freguesia do Irajá. Era proprietário da fazenda o capitão Francisco Ignácio do Canto, e arrendatário um boiadeiro de nome Lourenço Madureira. Com a morte do capitão, iniciou-se uma disputa judicial entre o arrendatário e a viúva do proprietário, Rosa Maria dos Santos. Lourenço Madureira deteve a propriedade do imóvel até falecer, em 16 de fevereiro de 1851. Após sua morte, com o loteamento da fazenda, surgiu a semente do que viria a se tornar o bairro de Madureira.

ESCOLHA A CATEGORIA DO PRODUTO/ SERVIÇO DESEJADO

A

B

Tenha um banner na página Madureira

Translate »